Notícias

Torneio ABGS do PL: Iijima leva a taça com seu nome; Pedroso é campeão profissional

28/04/2017

Competição fui um sucesso, com recorde de inscritos, e de pré-seniores e mulheres em campo

Todos os premiados comemorando 650

Estava escrito – e bem na taça – o nome do campeão. Hideaki Iijima, que era homenageado com o nome do torneio, aproveitou a vantagem de jogar em casa e o excelente momento por que vem passando para vencer o 15º Torneio ABGS de Golfe Sênior do PL Golf Clube – Taça Hideaki Iijima, nesta quinta-feira, 27 de abril, em Arujá (SP). O torneio valeu também como terceira rodada do 25º Torneio ABGS Interclubes Sênior de São Paulo e contou pontos para os rankings sênior e pré-sênior scratch da Federação Paulista de Golfe, que premiou os pódios das duas categorias – e também a profissional – com medalhas de ouro, prata e bronze, honrado a volta do golfe à família olímpica.

internas

Iijima venceu com 77 tacadas, um excelente resultado para as condições de jogo, com o ar úmido, que diminui o vôo da bola, que também rolava menos, com o campo molhado pela chuva que caiu durante todo o dia anterior. Além disso, os seniores jogaram dos tees azuis, com o campo mais longo do que estão acostumados nesses eventos, e algumas posições de bandeira bem difíceis. Lyn Ahn, de Campinas, levou a medalha de prata com 80 tacadas, enquanto Koichi Ogata, do PL, jogava 85 para ficar com o bronze, no desempate com Shozo Karasawa, do Vista Verde. Outros cinco jogadores quebram as 90 tacadas.

Mais medalhistas – Na categoria pré-sênior scratch, também com direito a medalhas e pontos para o ranking paulista, mais um título para o PL, com Francisco Ishihara campeão com 83 tacadas, seguido por Plinio Antonio Albregard, do Arujá, com 85, e Emerson Godinho, do Vista Verde, com 86. Houve ainda premiação para o campeão sênior com handicap, que ficou para Wagner Felix, da Academia Golf Range Campinas.

Não menos disputada foi a competição profissional, onde os três jogadores que subiram ao pódio terminaram separados por apenas duas tacadas. Claudio Pedroso, que vinha de um vice-campeonato no Torneio ABGS do Lago Azul, desta vez foi o campeão com 73 tacadas, seguido por João Corteiz, com 74 e por Acácio Jorge Pedro, que levou o bronze, com 75. Dez profissionais foram convidados para jogar mesclados aos amadores, iniciativa que tem valorizado a categoria e ajudado a melhor o nível técnico dos membros da ABGS.

Handicaps – Nas categorias sêniores com handicap, destaque para Ricardo Iguchi, de São José, que foi campeão entre os de índex até 14, com 70 tacadas, duas abaixo do par, seguido por Seizo Yano, do PL, vice com 75. Na 14,1 a 23, venceu Denis Song, de Campinas, com 68, melhor net do dia, seguido por Elver Colombo do São Paulo Futebol Clube. E na 23,1 a 32, no Sistema stableford, Michael Humpert, com Clube de Campo, venceu com 42 pontos, contra 41 de Lim Sou, da Academia GolfRange Campinas.

Nas categorias por idade, Ricardo Vilarinho, de São José, foi o campeão entre os de 65 a 70 anos, com 35 pontos; Yocito Fukuda, da Academia Golf Range Campinas, o melhor na 71 a 75 anos, com 36 pontos; e Walter Taurisano, do Clube de Campo, entre os de 76 anos ou mais, com 37 pontos.

No feminino, Claudia Valencia Montero, do Vista Verde, foi a campeão scratch com 98 tacadas, enquanto Elke Jarosch, do Lago Azul, vencia entre as de handicap índex até 25, com 78 tacadas. Na 25,1 a 32, no sistema stableford, venceu Neide Nakagawa, de São José, com 36 pontos.

Recordes – As mulheres, com 17 jogadoras, ajudaram o torneio a bater o recorde de inscritos, com 114 jogadores em campo. Destaque ainda para a categoria Pré-Sênior, que não para de crescer desde que passaram a ser aceitos, a partir de 2017, jogadores de 40 anos ou mais, e reuniu 13 jogadores de até 54 anos, com a novidade de agora também pontuarem para o Interclubes.

Houve recorde também de 25 clubes participantes, sendo 22 do estado de São Paulo e visitantes do Paraná e Pará. O PL, como era de se esperar, terá a maior quantidade de jogadores – 17 -, mas quase foi igualado pela Associação Esportiva São José, que levará 16 golfistas ao torneio. Depois dela, a Academia GolfRange Campinas, com 13 jogadores, foi a segunda maior delegação visitante no PL, fruto de recente parceria entre a AGRC e a ABGS.

Premiação – Katsumi Ota, do PL, apresentou a cerimônia de premiação que teve a mesa formada por Hideaki Iijima, o homenageado; Cláudio Kiryla, presidente da ABGS; Luiz Martins, presidente da PGA do Brasil; Ronald Gunn, diretor técnico da ABGS; Jorge Chung, diretor da ABGS para o Estado de São Paulo, e Keiko Shimomaebara, diretora ABGS no PL, que cuidou de toda a organização da parte social, com inestimável ajuda dos funcionários Julia e Andréa, e de Mario e Kayomi, do restaurante. Os diretores da ABGS presentes foram Elver Colombo (diretor junto à FPG), Gislaine Cerveny (AESJ), Ricardo Iguchi (Conselho da ABGS), Sumio Ono (AGC), Romeu Massonetto (LAGC) e Walter Taurisano (Conselho da ABGS).

Antes da entrega dos 22 prêmios, sendo 15 taças para os melhores das diversas categorias do torneio, além de nove medalhas ofertadas pela FPG, houve Parabéns para os aniversariantes do mês, com direito a bolo e vela: Jose Moron, Rogerio Xavier, Jose Gazola, Gilmar Moscoso, Oswaldo Pereira, Satoshi Yokota, Hideo Kawasaki, Feliciano Senday e Sérgio de Araújo. Para terminar, foram sorteados dezenas de brindes, entre garrafas de vinho chileno, caixas de bolas de golfe, caixas da uva especial Pilar Moscato, entre outros.

Próximos torneios – Os próximos torneios da ABGS serão o 20º Torneio Golfe Sênior do Clube de Campo de São Paulo e 4ª Rodada – Interclubes, dia 11 de maio; o 1º Torneio ABGS de Golfe Sênior do Damha Golf Club, dias 17 e 18 de maio, em São Carlos; e o Torneio Internacional de Golfe Sênior Brasil x Portugal, no Campo Olímpico do Rio de Janeiro, de 23 a 25 de maio.