Notícias

Golfe Adaptado na Associação Esportiva São José é destaque no Jornal Nacional. Assista ao vídeo!

04/04/2017

Diretora da modalidade na Federação Paulista de Golfe realiza trabalho pioneiro com cadeirantes.

Golfe Adaptado no JN

 

Clique na imagem no final da reportagem para assistir ao vídeo do JN

O Jornal Nacional desta segunda-feira, 3 de abril, mostrou com detalhes o trabalho pioneiro que Juracy Barros, diretora de Golfe Adaptado da Federação Paulista de Golfe (FPG), e a Associação Esportiva São José, de São José dos Campos, primeiro clube do Brasil a adaptar seus campo para receber cadeiras de rodas comuns, realizam com cadeirantes que querem aprender golfe. Juracy, profissional de Educação Física especialista em treinamento específico para golfistas pelo Titleist Performance Institute, mantém o programa, que atende os cadeirantes todas as segundas-feiras, com verba da FPG e inestimável apoio do clube que cede suas instalações e investe nas adaptações necessárias.

O clube de São José foi além e acaba de dar um título de sócio atleta a Evandro Bonocchi, Atleta Especial que tem no Brasil a única cadeira de rodas, importada, que pode ser usada num campo de golfe comum, por não danificar o gramado, como as cadeiras de rodas convencionais. Para esses outros cadeirantes, a AE São José construiu um percurso de jogo alternativo, fora do traçado do campo oficial, que pode ser percorrido pelas cadeiras de rodas comum.

Pioneirismo – A FPG foi a primeira Federação do Brasil a criar o departamento de Golfe Adaptado. Desde 28 de agosto de 2013, quando foi realizado, no campo da AE São José, o 1º Torneio de Golfe para Cadeirantes no Brasil, a FPG esta envolvida com o Golfe Adaptado. Aquele evento teve participação do coach Alexandre Domingues, da FPG.

Em 1º de maio de 2016, o Projeto Golfe Adaptado, com apoio da Federação Paulista de Golfe (FPG), Projeto Esporte e Lazer Adaptativo e a AE São José realizou uma clínica de golfe para cadeirantes, evento coordenado por Juracy. Participaram da clínica 28 atletas com Necessidades Especiais de quatro cidades do Estado de São Paulo. Foram utilizados tacos e tees fornecidos pela FPG.

Competição – Na ocasião, Juracy, coordenadora do projeto Golfe Adaptado, tornou-se a nova diretora para Atletas com Necessidades Especiais da Federação Paulista de Golfe, depois de ter aceitado o convite do presidente da entidade, Antonio Padula. No dia 27 de novembro de 2016, a Federação Paulista de Golfe, em conjunto com a AE São José, realizou, no campo de São José dos Campos, o Torneio de Golfe Adaptado para Cadeirantes, de grande sucesso.

A Federação Paulista de golfe aprovou, para 2017, um orçamento de R$ 10 mil destinado ao departamento de Golfe Adaptado. Este dinheiro está sendo usado para aulas de atletas com Necessidades Especiais, na Associação Esportiva São José, com coordenação da professora Juracy.

JN adaptado com seta grd