Notícias

Casa da Paz: colombiano Rivas joga oito abaixo para abrir duas de vantagem sobre Becker

14/12/2017

Torneio beneficente com R$ 100 mil em prêmios termina nesta sexta, com um Pro-Am

 

Jesus Rivas: nove birdes nos 14 buracos finais para jogar 63, oito abaixo, e liderar por duas de vantagem

O colombiano Jesus Rivas, que até 2016 jogava no PGA Tour Latinoamérica, surpreende os favoritos, entre eles os dois brasileiros que jogam em casa, nesta quinta-feira, 14 de dezembro, para assumir a liderança isolada do 17º Torneio de Golfe Casa da Paz, evento beneficente que responde por mais de 50% do orçamento da ONG Casa da Paz, centro de juventude para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, no bairro Flórida, em Embu Guaçu.

O torneio que está sendo jogado no São Fernando, em Cotia (SP), termina nesta sexta, 15 de dezembro, com um Pro-Am de duplas, onde os profissionais jogam também individualmente. Este será o maior torneio profissional do ano no Brasil, com bolsa de R$ 100 mil, sendo R$ 80 mil de prêmios para a competição profissional, e R$ 20 mil para os profissionais mais bem colocados do Pro-Am. Há ainda prêmios de R$ 2 mil para os profissionais que fizerem eagle no buraco 18, um par 4 curto, onde se pode chegar ao green batendo drive.

Leilão – Os 50 amadores que formarão as duplas do Pro-Am com os 50 profissionais, ganharam o direito de jogar participando de um leilão, na noite desta quinta-feira, no Wolf Meeting Point, na rua Estados Unidos, n° 1765, Jardins, em São Paulo. O dinheiro do leilão – lances para comprar o direito de jogar ao lado do seu profissional predileto – é inteiramente revertido para a Casa da Paz.

Depois do show desta quinta-feira, onde jogou uma acima até o buraco quatro, antes de reagir com nove birdies nos 14 buracos restantes, incluindo um parcial de 30 tacadas (-6) na segunda metade do campo, para somar 63, oito abaixo, Rivas se colocou entre os mais cobiçados do leilão, ao lado de Rafa Becker, do São Fernando, que vem em segundo com 65 (-6), de Lucas Lee, terceiro com 66 (-5), e de Alexandre Rocha, outra das estrelas da casa, que vem em quinto, com 68.

O quarto lugar é do paraguaio Raul Fretes, com 67, quanto Rafael Barcellos e o argentino Francisco Ojeda vêm, empatados com Rocha em quinto. Outro cobiçado profissional do leilão é o paraguaio Carlos Franco, ganhador de quatro torneios do PGA Tour, que jogou 72. Entre os que jogaram abaixo do par (71) estão ainda Odair Lima, Carlos Dluhosch e Felipe Navarro (69) e Giordano Junqueira e Guilherme Oda (70).

Patrocinadores – O 17º Torneio de Golfe Casa da Paz tem patrocínio Master da Columbia Trading & EISA e apoio da PGA do Brasil e Federação Paulista de Golfe.

O Pro-Am tem patrocínio da Anhumas ADM e Corretora de Seguros, BDO RCS Auditores Independentes, Bourbon e Carmocoffees, Bradesco Private Bank, Brasilprev, Conrad – Baluma Viagens e Turismo – Enjoy Punta Del Este, Copper Ind. Com. de Vergalhões Ltda, Dfibra (Costa Lima Corretora de Commodities Agric), Dínamo Inter-Agrícola Ltda., Grupo Bom Futuro, Grupo Horita, Hipercon, Intermar Afretamentos e Agenciamentos, John Richard Locação de Moveis, Laferlins, Louis Dreyfus Commodities Brasil, Mattel do Brasil Ltda, MBS Seguros (Itsseg), Metasul Corretora, Omnicotton Agri Comercial, Polivias S/A Transportes, PricewaterhouseCoopers, Sandias Corretora de Commodities, Aklo, Share – Associação Beneficiente Nossa Sra. Auxiliadora, TCB (Transportadora Chão Brasileiro), Tecvoz Eletrônicos Eireli, Topi Assessoria em Gestão de Negócios Eireli, Unicot Comercial, VA&E Trading do Brasil, Vicentin S.A.I.C., You Go Logística integrada.