Notícias

Alexandre Rocha volta a pontuar para o ranking mundial de golfe, depois de 14 meses de jejum

12/06/2017

Paulista subiu 361 posições na lista desta semana, retornando aos Top 1000, ao lado de Adilson da Silva

Alexandre Rocha by Stan Badz, PGA Tour

Rocha durante a volta de 64 do sábado. Foto:  Stan Badz/PGA Tour

Depois de não passar o corte em seis dos dez torneios do Web.com Tour que disputou em 2107, e de não conseguir nenhum Top 20 nos quatro em que chegou às finais, o profissional paulista Alexandre Rocha desencantou na última semana ao terminar em quarto lugar no Rust-Oleum Championship, disputado de quinta-feira a domingo, em Ivanhoe, Illinois, nos EUA. Com esse resultado Rocha subiu 361 posições para chegar ao 858º lugar do ranking mundial de golfe, onde não pontuava havia 14 meses, desde seu 14º lugar da etapa brasileira do Web.com Tour de 2016, a última a ser disputada no país.

Rocha, a quem o site do PGA Tour identificou como argentino, passou o corte raspandi, mas começou a volta final em segundo lugar, a quatro tacadas do líder, depois de jogar 64 tacadas, a melhor volta do sábado, aproveitando ter jogado pela manhã, sem vento, e terminado antes de o eventual líder ir a campo. No domingo, Rocha se colocou em condições de lugar pelo título ao fazer birdies nos buracos 3 e 5, e mesmo com bogeys seguidos no 7 e no 8, ainda manteve as chances de vencer.

O brasileiro ficou para trás com um duplo bogey no 12, reagiu com eagle no 15, de par 5, mas voltou a fazer duplo bogey no 16, para terminar com 281 (72-71-64-74) tacadas, sete abaixo. Stephan Jaeger, que começou a volta final ganhando por quatro, também fez seu pior resultado no domingo, mas conquistou seu segundo título em três torneios, com 274 (68-67-68-71) tacadas, 14 abaixo. Ted Potter Jr. foi o vice com -12, seguido por Andrew Yun, com -9. Rocha empatou em quarto com Jamie Arnold e Andrew Landry, que também somaram -7.