C

membros

Membros associados

Lista completa de todos nossos associados

Mais...
Biografia

Hanking PGA Brasil

Mais....
PGA DO BRASIL academia

PGA DO BRASIL

A academia de treinamento PGA está chegando em breve...(!!!)
Ler mais...

Sobre a PGA

A PGA do Brasil promove e aumenta o jogo de golfe em todos os níveis e fornece aos nossos atuais e futuros membros a oportunidade de maximizar seu potencial de carreira.

PGA do Brasil – PROFESSIONAL GOLFERS ASSOCIATION OF BRAZIL

O PGA Brasil tem como atribuição especifica representar, promover e desenvolver os interesses do golfe profissional como uma atividade esportiva profissional, verificar o nível técnico dos associados, representar e defender os interesses profissionais e esportivos dos seus associados dentro e fora do país.

Em 1915 o Brasil tem seu primeiro Profissional de nome “José Maria Gonzalez” quem trabalhou no “Clube Campestre de Livramento”.

Em 1953 o brasileiro naturalizado Ricardo Rossi termina na 50º colocação no Masters de Augusta.

Em 1956 os brasileiros Mario Gonzalez e Ricardo Rossi terminam na 33º e 17º colocação no Aberto Britânico.

Em 1960 o brasileiro José Maria Gonzalez Filho termina na 40º colocação no Aberto Britânico.

Em 1962 os brasileiros José Maria Gonzalez Filho e Mario Gonzalez terminam o Master de Augusta na 44º e 45º colocação.

Em 1970 o brasileiro Luis Carlos Pinto e vence Aberto Internacional do Itanhanga Golf Club.

Em 1970 um grupo de profissionais liderados por José MARIA Gonzalez Filho reuniram-se na sede do São Paulo Golf Club e fundaram a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS PROFISSIONAIS DE GOLFE.

Em 1981, 1984 e 1985 foi a vez de Jaime Gonzalez filho de Mario Gonzalez participar e terminar na 20º, 28º e 47º colocação no Aberto Britânico.

Em 1997 Luiz Martins e eleito Presidente da ABPG, cria a sigla Brasil PGA e PGA Brasil, o primeiro cartão internacional para associados e divulga para as entidades congêneres em todo o mundo. No mesmo ano, Luiz Martins lança o programa de ingresso e educação de profissionais exigindo o PAT (Teste de Jogo) prevendo estandartes e isenções, Registro, Documentação necessária, historia do golfe e do PGA, as categorias e os processos para mudanças, encontros anuais, atestado de antecedentes, ciência do esporte e o Código de Ética do PGA Brasil.

Em 1998 o presidente Luiz Martins lança o BRATOUR – Brasil PGA Tour com 22 torneios patrocinados por UNIBANCO AIG e apoiado por diversas outras empresas, todos os clubes, Federações e Confederação.

Em 1999/2000 o Presidente Luiz Martins conquista a hegemonia e liberdade da entidade em disputa com a CBG. Com isso, a representação internacional do golfe profissional bem como a representação da categoria dentro e fora do pais passou a ser exclusiva da PGA do Brasil.

Em 2001 o presidente Luiz Martins cria o SAMSUNG MASTERS e o LG PGA CHAMPIONSHIP com bolsa de prêmios de 200 mil dólares cada um. No mesmo ano Adilson Silva participa do aberto Britânico mais não consegue passar o corte do torneio.

Em 2002, Luiz Martins deixa a presidência do PGA do Brasil com 345 profissionais associados com um forte apoio e respeito a entidade e aos seus dirigentes por parte de todos os profissionais registrados que mantinham em dia suas obrigações. Contou com o apoio dos patrocinadores, clubes, Federações e Confederação. O BRATOUR contava com 22 torneios, 4 encontros para escola de educação dos profissionais.

Em 2006 o então Presidente da PGA BRASIL Antônio Nascimento trás para o Brasil o Curso de Capacitação para profissionais do PGA da Europa e lança o programa de Maestria com ajuda de Luiz Martins, José Maria Gonzalez Filho, Juan Miguel Cavalieri e Henrique Holanda.

Em 2007 Adilson Silva participa do aberto Britânico mais não consegue passar o corte do torneio.

Em 2008 Philippe Gasnier, tornou-se o primeiro brasileiro a jogar no US Open através das seletivas, jogou o local qualifying no campo Orange Tree Golf Club, em Orlando, na Flórida, onde 75 jogadores disputavam cinco vagas.

Em 2008 Lucas Lee se faz profissional e entra no Tour Asiático.

Em 2011 Alexandre Rocha entra para o PGA Tour e no mesmo ano participou e terminou na 68º colocação do US Open.

Em 2012 Adilson Silva consegue classificar mais uma vez para o Aberto Britânico e consegue passar o corte terminando na 69º colocação.

Em 2014 Lucas Lee entra no PGA Tour Canadá conhecido anteriormente como Canadian Tour.

Em 2014 Adilson Silva e o brasileiro melhor colocado no Ranking Mundial na 502ª posição depois de já ter estado na 371º posição.

Em 2016 o Brasil sedia os Jogos Olímpicos na cidade do Rio de Janeiro e nosso único representante masculino foi Adilson Silva ex-caddie do Santa Cruz Golf Club em Santa Cruz do Sul – RS.

Em 2016 o empresário Olawale Opaiynca organizador do 3º Actuaries Open na Guiné Equatorial convida Luiz Martins para participar da primeira edição do torneio e por solicitação de Luiz o convite se estendeu a Anderson Namur então Top 2 do Ranking que passou o corte e terminou o torneio na 23 colocação. Na ocasião se firmou um acordo entre Martins e Oppaiynca para termos representantes no evento nas próximas edições.

Em 2017 o PL Golf Club decide realizar seu tradicional torneio aberto por convite à categoria profissional. No mesmo ano o Santa Monica – PR, Búzios – RJ, e o São Paulo Golf Club abrem as portas dos seus clubes para as classificações regionais e a final. Rafael Barcellos, Gustavo Silva e Ronaldo Francisco foram os classificados a representar o Brasil no 3º Actuaries Open daquele ano.

Em 2018 Luiz Martins Presidente do PGA Brasil e Carlos Favoreto Presidente do Rio Olimpic Golf Course assinam um acordo de reciprocidade que permitirá que os profissionais devidamente registrados, identificados e, em dia suas obrigações possam frequentar ate 3 vezes por mês para jogar no campo. No mesmo ano se apresentou a proposta de união e respeito mútuo dentro de suas funções a CBG. Estamos esperando um retorno da mesma.

Em 2018 Luiz Martins reata as negociações com PL Golf com o apoio e ajuda de Antonio Nascimento e José Lopes profissionais de muito respeito no clube e a categoria foi laureada com a volta dos profissionais nas categorias regular e sênior no torneio aberto deste ano.

Em 2018 Luiz Martins e Daniel Munoz de Argentina concretizam e oficializam a PGA Sulamericano com a participação dos PGAs de Brasil, Argentina, Chile e Paraguai e formam o primeiro quadro de diretores com Luiz Martins na vice presidência e Thiago Cardoso e Guilherme Richers como diretores.

Presidente: Jack Correa

VP técnico: Ivanildo de Lima
Diretor Administrativo: Peter Dam
VP Financeiro: Alex Leite
VP de Marketing :Luis Menezes

Diretor Técnico:

Eduardo Vasconcellos

Conselho Fiscal Efetivo:

Ismar Brasil
Luiz Carlos Pinto
Alex Fernandes

Conselho Fiscal Suplentes:


Valdir Rondom
Antônio Araújo
Cláudio Oliveira

Alguma dúvida? entre em contato conosco